Música

James Horner deixou saudades

O compositor faleceu pilotando seu avião turboélice Embraer EMB-312

Neste dia há exatos seis anos, nos deixava um dos grandes artistas contemporâneos que marcou a cultura pop para sempre: James Horner. Ainda que você não conheça esse músico e produtor estadunidense, provavelmente é admirador de sua obra sem saber.

Impossível não ter se emocionado com a trilha sonora na história do cavaleiro escocês William Wallace, na produção cinematográfica de Mel Gibson “Braveheart”, de 1995. Horner, além de uma lista extensa de filmes, embalou dois grandes sucessos do diretor James Cameron: Avatar, de 2009; e a que considero a maior obradeHorner, Titanic.

O trabalho de James Horner em Titanic é especial não pelo fato de o longa-metragem ter se tornado um blockbustere a música My Heart Will Go On, composta por Horner e Will Jennings e cantada por Celine Dion, virar um grande sucesso mundial. Mas sim pela homenagem sutil que Horner presta a música celta. Alias, uma das principais marcas do trabalho de James Horner é a utilização de instrumentos musicais de origem celta como a flauta irlandesa e a gaita de fole escocesa. James Roy Horner faria em agosto 68 anos. Faleceu pilotando seu avião turboélice Embraer EMB-312 quando caiu em Los Padres National Forest, no sul da Califórnia. Pilotar era um de seus hobbies favoritos.

Via
#
Fonte
#
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo